Enviado em 01.04.2016

Seu data center está pouco confiável: saiba porque

Um data center menos confiável perde parceiros comerciais mais facilmente e possui índices de qualidade muito menores. O número de erros passa a ser maior, enquanto a disponibilidade dos serviços diminui.

A gestão de data centers pode parecer, a princípio, uma tarefa fácil. Entretanto, vários analistas de TI perdem-se em meio a várias rotinas e políticas operacionais e, como consequência, precisam lidar com a queda na qualidade dos serviços da companhia.

Um data center menos confiável perde parceiros comerciais mais facilmente e possui índices de qualidade muito menores. O número de erros passa a ser maior, enquanto a disponibilidade dos serviços diminui.

Para te ajudar a evitar tais problemas em seu provedor, preparamos o texto de hoje. Acompanhe e saiba se seu data center está pouco confiável!

Principais motivos para um data center perder confiabilidade

Muitos técnicos e gestores de TI acreditam que os principais problemas de uma estrutura de TI estão ligados a falhas humana, ainda que uma série de falhas sejam realmente causadas problemas operacionais, como falta de treinamentos e erros durante a execução das rotinas do setor.

Entretanto, os fatores que afetam a forma como as operações do data center ocorrem vão além da habilidade humana de manter um servidor funcionando. Falhas de concepção, sistemas mal configurados e até erros de hardware podem impactar negativamente os serviços de um data center.

Para que uma política de gestão seja eficiente, ela deverá trabalhar na prevenção de qualquer problema que diminua a qualidade dos serviços prestados pela empresa. Entre os principais, podemos destacar:

Equipamentos mal configurados

Dispositivos mal configurados são uma das principais causas de sobrecarga em um data center. Quando não otimizadas, as configurações impedem que os serviços digitais possuam o melhor desempenho possível. Além disso, a vida útil de um equipamento poderá diminuir, uma vez que o número de falhas e erros de sistema será maior.

Pessoal mal treinado

Empresas de sucesso investem continuamente em seus funcionários. Como eles são a “cara” de várias corporações, é importante que times de suporte ao usuário, equipes de backoffice e de gestão estejam preparadas para enfrentar os desafios diários da administração de um data center.

Nesse sentido, as rotinas de trabalho e as novas políticas operacionais devem ser de conhecimento amplo, evitando a transmissão de informações incorretas ou prejuízos causados por reclamações diversas.

Má gestão

A boa gestão de TI será indispensável para garantir que as políticas de manutenção de equipamentos e os treinamentos dados aos colaboradores sejam efetivos na melhoria do data center.

Nesse sentido, gestores devem estar atentos para compartilhar as informações corretas, auxiliar os seus subordinados e conhecer as últimas tendências do mercado. Dessa forma, eles poderão criar um ambiente de trabalho com alta integração e excelência.

Avaliando e buscando melhorias

Muitas empresas definem as prioridades da sua gestão de TI de acordo com critérios momentâneos. Uma boa governança de TI foca no presente em busca de ganhos de longo prazo, sendo algo decisivo para a avaliação do data center pelos seus usuários mais fiéis, além de influenciar na imagem da empresa no mercado.

Diante disso, métricas devem ser vistas como uma forma de identificar pontos que necessitam de melhoria e que são responsáveis pela vazão de recursos. Ao rastrear a fonte da perda de confiabilidade do data center, o gestor de TI deve trabalhar ao lado de seus colaboradores para buscar novas rotinas operacionais.

Elas devem distribuir a força de trabalho do setor de forma otimizada, garantindo que todos possam responder rapidamente a chamados, falhas de disponibilidade e garantir que todos os equipamentos estejam com a manutenção em dia.

Durante o processo de melhoria do setor, investimentos podem ser feitos. De sistemas de monitoramento à qualificação de técnicos, as oportunidades são variadas. Como consequência, o gestor de TI conseguirá integrar mais a tecnologia à cadeia operacional da empresa.

A importância de ter um SLA alto

Manter o Service Level Agreement (ou apenas SLA) alto deve ser o objetivo de todo profissional que trabalha com tecnologia. Nesse sentido, ações podem ser realizadas em várias áreas para a melhoria dos serviços de TI.

Elas devem ser voltadas para a maximização do tempo de disponibilidade dos serviços, além da melhora na performance. Assim, a empresa será capaz de entregar uma estrutura de soluções de TI de alto valor para os seus usuários.

E você, já enfrentou problemas no seu data center? Conte pra gente aqui nos comentários!

Comentários