Enviado em 19.09.2019

Como atrair novas oportunidades para o seu provedor

Entender quais as necessidades individuais do seu público-alvo faz com que você entregue o produto certo na hora certa.

Entender quais as necessidades individuais do seu público-alvo faz com que você entregue o produto certo na hora certa.

Conseguir entregar uma ótima infraestrutura, tecnologia de ponta – que tecnicamente não deixa a desejar – em relação a muitas operadoras e atendimento com rapidez é muito bom.  Mas em contapartida ao falar sobre Marketing há uma lacuna de dúvida muito vasta entre grande parte dos provedores.

Lado dos Provedores

Grande parte das empresas hoje, não possui uma estratégia de presença online, outra parcela nem sequer tem um site responsivo.

E as alternativas que sobram são banners, panfletos, cartões, e quando tem necessidade contratam vendedores externos para vender porta-a-porta, ou seja, utilizam apenas Marketing Tradicional.

Agora imagina só, como filtrar informações na venda porta-a-porta, se o critério de seleção é oferecer o produto ou serviço nas residências que ainda não tem acesso a internet? Com poucas informações, não conseguimos saber as necessidades individuais e as dores dos clientes. Com isso, as empresas possuem uma postura mais passiva, onde esperam os clientes “atrás do balcão” ou vendem através de indicações.

Lado do cliente

Sabemos que os hábitos do consumidor mudaram em relação há alguns anos atrás. As alternativas de relacionamento com o cliente através dos canais tradicionais estão ficando cada vez mais defasadas.  Mudar de canal quando aparece um comercial indesejado, e por muitas vezes com o tema que não é do interesse do consumidor, mostra que temos que entregar o assunto certo para as pessoas certas.

O que sabemos é que existe uma parcela muito grande da população desconectada da internet, e a pergunta é, porque estão desconectadas? Grande parte por simplesmente não ter uma infraestrutura para adquirir serviço de internet na região onde ela reside, outra parcela por não saber utilizar as mídias digitais, e com isso acabam não se interessando.

Você acredita mesmo que todos, que absolutamente todos que não tem acesso à internet sabem utilizar o Facebook ou o Instagram? Ou sabem utilizar esses canais de relacionamento para vender online?

Mas afinal, o que fazer para interagir de forma diferente? Já imaginou formar turmas em um sábado de manhã para ensinar as pessoas da sua comunidade a utilizarem o Facebook? Ou então, ensinar como vender artesanato, bijuterias, divulgar farmácia, restaurante, pizzarias, através das mídias digitais?

Se você não tiver uma sala no seu provedor, você pode fechar parceria com uma escola da comunidade, e utilizar essa sala para dar esses pequenos treinamentos.

Ao iniciar o minicurso, você vai entregar uma ficha para cadastro e com essa ficha você vai interagir com o aluno para entender mais sobre as necessidades dele.

A pergunta que eu sempre faço aos meus clientes e alunos é:

Quando essas pessoas aprenderem a utilizar as mídias digitais para se relacionar ou para empreender online, o que elas vão precisar?

Vou deixar você pensar por alguns minutos nessa resposta! A resposta é fácil…

Se você pensou que essas pessoas vão precisar de internet você está de parabéns! 🙂

A partir desse momento, temos uma grande oportunidade em mãos, e é aí que entra o time de vendas, apenas para finalizar a assinatura conforme as necessidades de planos dessas pessoas.

Conclusão

Bom, temos grandes chances agora para atrair novas oportunidades para a sua empresa, você só precisa utilizar estratégias online e off-line, e eu tenho certeza que vamos conseguir alavancar o seu negócio.

Agora essa dica aqui é apenas para quem acompanhou a leitura até aqui! Você não precisa necessariamente de licença ou ter cabos lançados nas ruas para atrair a comunidade com um projeto educacional e formar uma comunidade que posteriormente precisarão do serviço de acesso à internet.

O que você está precisando mesmo hoje é de uma estratégia, e de um passo a passo detalhado para começar suas atividades.

Quer saber mais? Então me acompanhe nas redes sociais e site!

Um grande abraço e nos vemos online!

 

Thiago Buenaño

Comentários