Enviado em 15.07.2016

Como elaborar um laudo técnico sem erros?

Contar com profissionais capacitados para elaborar um laudo técnico claro e eficiente é imprescindível para qualquer provedor de internet. Confira alguns pontos importantes de um laudo.

Um laudo técnico é um documento emitido por um especialista (perito ou técnico), capacitado e habilitado, como resultado da análise técnica de um fato, situação ou objeto. O laudo técnico pode ser feito por solicitação de uma pessoa física, pessoa jurídica ou de um órgão governamental (repartições públicas, órgãos fiscalizadores ou juizados) para entender um assunto ou solucionar um problema. Neste post abordaremos dicas de como elaborar um laudo técnico sem erros, para que possa cumprir com seu importante papel:

Identifique o problema do cliente

Peça ao cliente para formular seu pedido de laudo técnico por escrito, informando detalhadamente a necessidade que tem e o tipo de informação que precisa receber. Leia o pedido na presença do cliente e esclareça toda e qualquer dúvida.

Defina a estrutura do laudo

Pergunte se o solicitante tem um modelo de formulário pré-definido ou regras específicas a serem seguidas para elaboração do laudo. Se as tiver, cumpra-as à risca. Se não tiver, estruture o laudo com padrão estético e organização de bom nível. Seu profissionalismo também é medido pela forma de apresentação do seu trabalho.

Fique atento à linguagem

Evite termos técnicos, mas se o fizer, explique cada um. Não utilize abreviaturas, pois podem levar a mal-entendidos. Escreva o laudo observando as regras gramaticais e ortográficas, utilizando uma linguagem objetiva, simples e formal para passar autenticidade, segurança e confiabilidade.

Capriche no levantamento de dados

Caso o cliente já disponha de algum material – outro laudo, manual técnico, registro de assistência técnica – que auxilie no entendimento do caso, recolha-o e analise-o minuciosamente.

Caso tenha que fazer algum teste, monitoramento ou diagnóstico de rede, cabeamento de fibra óptica, conectividade (via rádio, Wi-fi), data center, etc., siga os protocolos técnicos aplicáveis para obter bons resultados. Se tiver alguma dificuldade, pesquise o assunto ou consulte profissionais especializados.

Caso tenha que apontar erros, enumere cada um e justifique o seu parecer. À medida que for realizando a análise, anote cada fato ou circunstância e descreva as conclusões. Jamais confie na sua memória, quanto mais detalhadas forem as suas anotações, mais completo e qualificado será o seu laudo.

Apresente provas

Fotos, estatísticas, tabelas, gráficos e outros recursos demonstrativos, servem para provar a fundamentação da sua análise e torná-la mais consistente, especialmente se forem referências de fontes consagradas ou especialistas renomados.

Nas fotos, identifique a data, local e as pessoas envolvidas e faça uma breve descrição. Estas informações conferem rastreabilidade à análise, especialmente, quando são apresentadas fotos da situação antes e após a conclusão do laudo técnico.

Elaborar um laudo técnico requer, além do domínio técnico ou pericial da matéria, uma série de cuidados para alcançar o objetivo de esclarecer um assunto ou solucionar um problema. É necessário cuidar da sua forma e apresentação e do seu conteúdo para que tenha informações relevantes e significativas para o solicitante. Sempre que for elaborar um laudo técnico, fique atento às nossas recomendações!

Deixe seu comentário e aproveite para ler o nosso post sobre Gestão de equipes: como escalar seus técnicos de forma eficiente?

Comentários