PoDL - Power over Data Line
Enviado em 29.05.2020

PoDL – Power over Data Line

Com a universalização do protocolo Ethernet tornou-se possível a padronização da alimentação elétrica remota por esse protocolo.

Com a universalização do protocolo Ethernet tornou-se possível a padronização da alimentação elétrica remota por esse protocolo. A técnica de alimentação elétrica através de enlaces de comunicação Ethernet por cabos de par trançado ficou conhecida originalmente como PoE – Power over Ethernet.

O padrão IEEE 802.3af descreve a tecnologia PoE, que permite transmissão de energia elétrica juntamente com os dados para um dispositivo remoto, através do cabo de par trançado padrão em uma rede Ethernet. A primeira versão do PoE foi lançada em 2003, com o padrão IEEE 802.3af. A versão seguinte veio em 2009, com o padrão IEEE 802.3at, ficando conhecido como PoE+ (PoE plus). Em 2016, o IEEE publicou o Padrão 802.3bu – Standard for Ethernet Amendment 8: Physical Layer and Management Parameters for Power over Data Lines (PoDL) of Single Balanced Twisted-Pair Ethernet. Este padrão de alimentação baseado em Ethernet de um único par, foi especialmente desenvolvido para fornecer uma arquitetura de rede com maior economia de energia e de custos.

O Padrão IEEE 802.3bu, define a metodologia para fornecimento de energia por meio de um único par trançado para o Data Terminal Equipment (DTE) conectado com interfaces IEEE 802.3. Está direcionado para implantação na indústria automotiva, redes de automação industrial, transporte (aeronaves e ferrovias) e outros ambientes que utilizam os protocolos 100BASE-T1, 1000BASE-T1 ou qualquer outro protocolo de dados de par único ou não. O segmento de rede que suporta a operação PoDL consiste em cabeamento de par trançado balanceado único com uma resistência de loop dc inferior a 6 Ω para classes não regulamentadas de 12 V ou inferior a 6,5 ​​Ω para classes regulamentadas de 12V, 24V e 24V.

Apesar de semelhante à maneira como o PoE introduziu energia em redes estruturadas baseadas em cabeamento, o PoDL não é compatível com aplicativos Ethernet, incluindo IEEE Std 802.3 PoE (DTE Power via MDI), operando com 2 ou 4 pares de cabos de pares trançados balanceados.

São características do Padrão IEEE 802.3bu:

  • Especifica a técnica de distribuição de energia para uso em um único segmento de link de par trançado;
  • Permite operação se os dados não estiverem presentes;
  • Suporte aos níveis de tensão e corrente requisitados nas indústrias automotiva, de transporte e de controle industrial;
  • Está em conformidade com os padrões usados ​​nos setores automotivo, de transporte e de controle industrial, quando aplicável;
  • Suporte a operação de inicialização rápida usando configurações predeterminadas de tensão e corrente e operação opcional com configuração de tensão e corrente em tempo de execução;
  • Garante a compatibilidade com o padrão IEEE 802.3bp (por exemplo, EMI, definição de canal, requisitos de ruído).

José Maurício Pinheiro

Comentários