Enviado em 25.03.2019

Um bom CLIVADOR é fundamental

O uso de um clivador de qualidade é imprescindível para obtermos emendas e conectores de campo com baixas perdas.

Sempre comento nos treinamentos que realizo que a ferramenta mais importante do técnico de fibra óptica chama-se CLIVADOR!

O uso de um clivador de qualidade é imprescindível para obtermos emendas e conectores de campo com baixas perdas, no entanto, é comum me pedirem para indicar um clivador “baratinho” que será usado “somente” para montar conectores de campo e ativar clientes.

Confesso que este tipo de questionamento me deixa muito preocupado com a qualidade das ativações que nossos “técnicos” vêm executando.

Com o objetivo de alertar sobre a importância de um bom clivador, demonstro no gráfico abaixo como a perda de uma conexão mecânica varia em função do ângulo de clivagem das fibras.

Observa-se neste gráfico:

  1. Fibras clivadas com apenas 1o de inclinação geram conexões com perdas de aproximadamente 1 dB em 1490 nm e de 1,3 dBs em 1310 nm.
  2. Já com ângulos de clivagens de 2o chegam a produzir conexões com mais 4 dBs em 1490 nm e mais de 5 dBs em 1310 nm.

Esta é a razão em utilizarmos um clivador de qualidade; sem ele simplesmente não montamos um conector com baixas perdas.

Tenha isto em mente quando comprar seu próximo clivador. Verifique sua especificação e confirme que pode obter clivagens com ângulo máximo de 0,5o. Nesta condição, você conseguirá perdas em torno de 0,3 dBs na conexão.

Procure sempre manter o clivador sempre bem limpo e conservado, sem quedas e protegido enquanto não estiver sendo utilizado. Nunca “jogado” dentro da caixa de ferramentas.

E, igualmente importante, ajude o clivador a fazer uma boa clivagem…limpe bem a fibra antes de clivá-la!

Lembre-se, o CLIVADOR é sua ferramenta mais importante! Sem DEPENDE…!

Ronaldo Couto

Engenheiro Eletricista, com ênfase em telecomunicações, especialista em rede de fibra óptica e fundador da PRIMORI Tecnologia.

 

Comentários