Enviado em 22.03.2019

Crimes Cibernéticos X Compartilhamento de Acesso

Com a grande gama de informações disponíveis na internet, existem pessoas que as utilizam para o bem e outras, para o mal.

Vejo frequentemente provedores tendo que responder à Polícia Federal ou até mesmo à Polícia Civil acerca de IP’s que foram utilizados de forma errada. Com a grande gama de informações disponíveis na internet, existem pessoas que as utilizam para o bem e outras, para o mal. Como o IP é de propriedade do provedor, é ele quem pode informar quem fez determinado acesso, sua data e hora. Por isso, é tão importante ter o log de acesso dos nossos clientes.

Mas como utilizar isso a nosso favor dentro do provedor? Se eu fizer uma campanha de marketing orientativa expondo essa situação, com certeza os clientes ficarão felizes com essas informações, uma vez que poucos deles conhecem essa possibilidade. Atualmente nossos filhos tem acesso quase ilimitado à rede e, até como proteção familiar, essa campanha poderia ter grande repercussão nesse foco.

Mas o ponto focal de uma campanha orientativa acerca do tema desse artigo, seria o compartilhamento de acesso à internet. Poucas pessoas sabem o risco que correm ao disponibilizá-lo. Entra aqui nesse quesito também o simples compartilhamento de Wi-Fi. O risco é enorme e pelo que vejo, pouquíssimas pessoas se atentam a isso. Creio que se fosse realizada uma campanha bem estruturada e orientada, o cliente poderia até assumir a responsabilidade de disponibilizar seus dados, mas com certeza pensaria diversas vezes antes de fazê-lo.

 

André Ribeiro
Engenheiro Eletricista e de Telecomunicações, Pós-graduado em Redes de Computadores, com MBA em Gestão de Projetos, além de um aficionado por cursos da área. É Personal Executive e Coaching na Formação de Empresários. Realiza Treinamentos, Palestras, Consultorias e Mentorias. Sua maior felicidade é compartilhar conhecimento e fazer negócios.

Comentários