Enviado em 06.05.2016

3 dicas essenciais para se manter um bom desempenho da rede

Todo profissional de TI sabe da importância que as redes corporativas possuem para as empresas. Elas auxiliam funcionários a se conectarem com prestadores de serviço, permitem novas abordagens comerciais e facilitam a execução de várias tarefas. Para provedores, não é diferente. A rede interna de um prestador de serviços é a base da qualidade de seus produtos. Justamente por isso, é importante que todos os equipamentos sejam monitorados para garantir o melhor desempenho de redes possível.

Todo profissional de TI sabe da importância que as redes corporativas possuem para as empresas. Elas auxiliam funcionários a se conectarem com prestadores de serviço, permitem novas abordagens comerciais e facilitam a execução de várias tarefas. Para provedores, não é diferente. A rede interna de um prestador de serviços é a base da qualidade de seus produtos. Justamente por isso, é importante que todos os equipamentos sejam monitorados para garantir o melhor desempenho de redes possível.

Quer saber como isso é possível? Então leia o nosso texto de hoje!

A importância de um bom monitoramento de redes

Uma empresa que possui a sua rede interna monitorada possui processos de TI mais precisos e menos suscetíveis a falhas. Os sistemas e as políticas de monitoramento permitem que gestores de TI identifiquem falhas rapidamente. Dessa forma, é possível aplicar diagnósticos com agilidade, impedindo que uma vulnerabilidade torne-se um problema de segurança ou de desempenho grave.

Uma política de monitoramento de alta abrangência permite que empresas de TI possam melhorar continuamente as suas operações. Os responsáveis pela formulação de políticas e rotinas operacionais podem verificar melhor o estado real de cada ativo digital, de tal forma que a busca por processos de melhorias pode ser feita com mais facilidade.

Como manter alto o desempenho de redes corporativas

Toda rede de computadores está sujeita a falhas. Por melhores que sejam as medidas preventivas, sempre existirá o risco de algo dar errado. Para evitar que falhas sejam frequentes, várias medidas podem ser tomadas. Veja algumas delas:

1. Planeje a instalação de novos equipamentos

A instalação de novos equipamentos pode modificar toda a política de gestão de uma rede. Nesse sentido, a troca ou a aquisição de novos dispositivos ou sistemas deve ser feita com planejamento prévio. Ele não irá buscar somente a redução de custos, mas também formas de garantir que o novo produto não cause um grande impacto no funcionamento da rede.

2. Possua uma equipe de suporte eficaz

O time de suporte é indispensável para garantir que os usuários consigam trabalhar com tranquilidade. Nesse sentido, a empresa deve designar um grupo de profissionais bem treinado, capaz de lidar com problemas com flexibilidade e alto padrão de qualidade. Assim, eles poderão ajudar a solucionar problemas facilmente, diminuindo a perda de produtividade causada por falhas de serviços.

3. Configure os seus aparelhos

Muitas vezes, dispositivos modernos de alta capacidade apresentam problemas de desempenho sem que as suas partes não estejam danificadas. Na maioria das vezes, isso é consequência da má configuração de um aparelho. Portanto, busque manter não só os firmwares atualizados, mas também as configurações e regras de uso de sistemas atualizadas de acordo com o perfil da rede, garantindo que tudo funcione com o melhor desempenho possível.

Tornando serviços de rede mais confiáveis

As redes de computadores já estão totalmente integradas às nossas rotinas diárias. De processos de saúde aos momentos de lazer, é raro encontrar atividades em que a internet não esteja presente.

Nesse cenário, provedores de acesso devem trabalhar constantemente para garantir que os seus serviços funcionem da melhor forma possível. Um desempenho de redes eficiente permite que conexões fiquem mais estáveis, com índices de perda de dados menores e serviços mais funcionais. Assim, todos os usuários podem realizar as suas atividades diárias com a certeza de que estão utilizando uma conexão de qualidade.

Gostou do texto e quer conhecer mais tendências e dicas para manter um provedor funcionando com alta eficiência? Então nos acompanhe nas redes sociais!

Comentários