Enviado em 12.12.2016

Saiba quais são as ferramentas de manutenção para redes de fibra óptica

Você conhece os equipamentos e ferramentas usados para manutenção de redes de fibra óptica? O ISPBLOG listou alguns dos principais, veja:

O uso de redes de fibra óptica tem se tornado cada vez mais popular entre as empresas. No entanto, o alto custo dos equipamentos e da instalação ainda é um dos maiores entraves para que esse tipo de rede seja mais utilizado.

Como é um serviço vendido com uma promessa de alta longevidade, é essencial que a manutenção da sua infraestrutura seja feita de forma adequada. Para isso, há diversos tipos de equipamentos de manutenção para assegurar a qualidade ideal para a sua rede.

Antes de realizar a compra do equipamento, o tipo de fibra usada precisa ser levado em consideração para que não haja incompatibilidade. Além disso, o propósito e a arquitetura da rede influenciam no tipo de avaliação que precisa ser feita, o que pode causar demanda por aparelhos diferentes.

Quer saber para que servem algumas das principais ferramentas de manutenção de redes de fibra óptica? Acompanhe o post de hoje!

1. Ferramentas de corte da fibra

Há diversas ferramentas de corte que são essenciais no momento de manejar os cabos para fazer a instalação e a manutenção de redes de fibra óptica. Sem elas, não é possível abrir o cabo para fazer operações como a fusão de fibra óptica.

  • Roletadores: são ferramentas usadas para fazer cortes precisos na camada de proteção mais externa do cabo de fibra óptica.
  • Tesouras para corte de aramida: são usadas para remover os fios de aramida — uma camada de proteção do cabo que dá maior firmeza e proteção ao cabo contra tensionamentos e intempéries.
  • Decapadores: são alicates que servem para remover a camada mais interna de proteção dos tubos de fibra.
  • Clivadores: são equipamentos que realizam o corte (clivagem) dos fios de fibra óptica com alta precisão. Os cortes precisam ser feitos em ângulos específicos para realizar, por exemplo, uma fusão de qualidade.

2. Máquina de fusão de fibra

Essencial para a realização de emendas, a máquina de fusão de fibras é usada na manutenção dos cabos. A fusão tem diversos usos, desde aumentar a extensão de um cabo até reatar um cabo danificado.

A máquina serve para tornar o serviço de manutenção mais ágil e confiável. Há diversas opções de equipamento no mercado, entre as manuais e automáticas. No entanto, a ferramenta exige treinamento e preparo adequado do profissional, já que a fusão de fibra óptica requer alta precisão.

3. OTDR

O Reflectômero Óptico no Domínio de Tempo, mais conhecido pela sigla, OTDR, é um dos principais equipamentos para medir o desempenho das redes FTTx, que é a arquitetura mais comum para as redes de fibra de empresas e usuários comuns. Para isso, o equipamento usa o princípio de dispersão de Rayleight.

O OTDR é capaz de medir fatores como comprimento do cabo, perda, atenuação e perda de retorno, que são essenciais para certificar a qualidade da infraestrutura de redes de fibra óptica. Com esses fatores, também é possível identificar onde estão os pontos de falha para realizar reparos no cabeamento.

Essas são só algumas das principais ferramentas usadas na manutenção de fibra óptica. Quer saber sobre outras ferramentas que podem ajudar a melhorar a qualidade da manutenção da sua rede? Assine a nossa newsletter e receba todas as novidades do mercado!

E-commerce especializado em soluções para provedores de internet. No mercado desde 2009, atua em todo o território nacional, sendo referência de qualidade e bom atendimento.

Comentários